6.9.13

Weekend #3


Aproveitar os restos de praia, gastar os últimos cartuchos, fazer figas para que as temperaturas se aguentem até ao fim de Outubro e que não apareça nenhuma alma do governo para nos retirar um eventual verão mais comprido, qual imposto.



O filme já não é novo, mas eu tenho destas coisas: arrasto no tempo, vejo quando der, passou-se um ano quando finalmente vi o filme que tinha guardado. Tenho assim uma quantidade de filmes para ver numa caixinha, sou uma triste. Anyway, este filme é top, top! A não perder (traila aqui). É do género murro no estômago, uma pessoa dá suspiros e fica um bocadinho abatida no fim, mas os bons filmes são mesmo assim, são os que nos mexem com as entranhas. Adorei.



Comer pêssegos! Pequenagem, comprei a medo uns pêssegos no Continente, quando os provei nem queria acreditar. Até me deu vontade de comer o caroço. Quando os pêssegos são bons, é assim uma cena celestial. São das minhas frutas preferidas. É aproveitar enquanto há. E misturar com iogurte natural, hum...!



Não perder e comprar bilhetes para a peça Vamos lá compreender as mulheres... só um bocadinho  Mas quando digo "não perder" é "não falem mais comigo se não forem ver". Gostam dos textos em que eu escrevo mal do homem, que tem mãos de passador e é um troll, resumindo a relação homem/mulher? Então vão delirar com esta peça que é literalmente de ficar de lágrimas nos olhos e dores de barriga. Vi no ano passado, escrevi sobre a peça algures por aqui ou no facebook no blogue  mas não encontro o texto, esteve sempre esgotado e regressa este mês para os dias 9 e 30 de Setembro, no São Jorge em Lisboa. Os bilhetes custam 10€ e vale meeeeemo a pena! Mais info aqui.

Aproveitar os preços de liquidação de stock da Dress a Dress aqui. Vestidos para lá de maravilhosos e, confirmo, com um corte espectacular. Muitas vezes achei "isto é para magras", mas rapidamente me conquistaram. É correr e agarrar que não sobra muita coisa.

Arquivo do blogue