22.8.12

Farturas

Um amigo meu tem um bailarico ao lado de casa. À noite, antes de chegar a casa, passou pelo arraial e comprou seis farturas na roulotte.

Chegado ao lar, tal a ganância, nem ligou a luz da cozinha e manteve ligada apenas a luz do corredor. Cheio de ganas de afinfar o dente numa fartura, rapidamente abriu o armário dos temperos para polvilhar as ditas de canela.

Neste processo perguntou-se:

- Por que é que cheira a caril?

Seis farturas no lixo.

9 comentários:

  1. Ah ah ah!! Mas sozinho ia comer 6 farturas??!! É obeso? E eu adoro farturas...

    ResponderEliminar
  2. Olha que tempero mai bom! E açúcar a rodos e canela com a luz acesa?

    ResponderEliminar
  3. Ahhhh!
    Já aconteceu à minha tia no almoço de natal, em vez de pimentão, pôs canela no arroz de marisco! A sorte é que não foi muita, mas mesmo assim ficou lá o sabor...

    ResponderEliminar
  4. Ahahah! Muito bom! E experimentou, ao menos!? Quem sabe não tinha acabado de "inventar" mais uma receita para o Cá vai Alho. Neste caso, Lá foram para o Lixo... Minhas ricas farturas (apesar de preferir churros com chocolate - se é para calorias, é para calorias a sério!)

    ResponderEliminar
  5. Ia mesmo agora uma mas sem caril, claro.Homens!!

    ResponderEliminar
  6. Eu provei há pouco pizza de maçã assada (nem de propósito, neste blog) com molho de caril e gostei. Comi-a toda, passo a expressão.
    Foi num rodízio de pizzas, já tinha passado para as doces, tinha o prato cheio de molho de caril e a rapariga pôs-me a fatia doce mesmo em cima do molho.

    Por isso, sei que teria comido as farturas na mesma.

    ResponderEliminar
  7. Olá. Antes de mais parabéns pelo blogue, está muito bom e eu estou a seguir :) Deixo aqui o convite para visitares o meu mundo cor-de-rosa.

    Quanto ao post...bem a gula sempre foi um dos 7 pecados mortais seja com canela ou caril... Muito bom ;)

    ResponderEliminar
  8. Devo dizer ainda que, pasteis de nata com nóz moscada também não é nada agradável...

    ResponderEliminar

Arquivo do blogue