1.9.14

A idade não me perdoou, fiquei com manchas na pele


Estava a acabar de escrever o título deste post e a corrigir-me: não foi a idade que me trouxe as manchas, foi o sol. Não tenho memória de grandes escaldões, sempre usei protector solar nos dias de praia e achei que isso era quanto bastasse. Mas afinal não chega e algures no início deste ano apercebi-me disso. No fundo, é por isso que gosto tanto de base, porque me torna a pele uniforme, coisa que não tenho.

Percebi que tenho manchas provocadas pelo sol. Assim que faço uns dias de praia, logo brotam com mais intensidade, parecem sardas, para alguns deve ficar com piada, mas no meu caso não fica. Um dia, depois de fazer um jet bronze, uma amiga disse-me que tinha ficado manchada nas bochechas. Estava sem dúvida mais escuro, mas não era defeito de um mau serviço, eram as minhas manchas que tinham também ficado mais escuras. No inverno as manchas podem não se notar, mas se lhe der pigmentação, logo saltam à vista.

O curioso é que não tenho manchas numa larga área à volta dos olhos, como uma circunferência, o que faz tornar ainda mais evidente as manchas que tenho logo abaixo desses círculos. E sei perfeitamente o motivo: é que desde cedo, seja verão ou inverno, eu sou incapaz de andar na rua sem óculos de sol. E como os meus óculos são sempre grandes, versão Amália, ao longo dos anos fui ficando sempre protegida nesta área, criando dois círculos à volta dos olhos. Tudo o resto, onde existe exposição solar, veio a ganhar algumas manchas.

27.8.14

Um dia mato este gajo #40


Isto é uma cena que me consome há 5 anos, tantos quanto levo junto deste homem: mudar o rolo de papel higiénico do suporte fará sangue nas mãos?


Arquivo do blogue